Ir para Home

Give’more

Classic Rock? Hard Rock? Quer mais? Então toma.

Pedal semelhante ao pedal Guvnor da Marshall mas com um timbre diferente, possui os mesmos controles porem tem a chave Hard/Soft que muda o Clipping. No Hard fica mais abelhudo, forte, no Soft o som fica mais aberto e claro, igual o original.

Controles:

  • BASS: Graves
  • MIDDLE: Volume dos médios
  • TREBLE: Agudos
  • GAIN: Distorção
  • VOLUME: Volume
  • HARD/SOFT: Eugenio

Especificações:

  • Dimensões(CxLxA): 10cm x 8cm x 6cm
  • True Bypass
  • Plug de fonte (padrão Boss)
  • Clip para bateria 9v
  • Caixa de aço carbono
  • Fundo anti derrapante

R$ 323,00 + frete

À vista (boleto ou transferência):

R$ 371,00+ frete

ou em até 18x no cartão*

*parcelamento sujeito a juros.


Cálculo automático de frete

Audio Samples

5 Reviews

    “Comprei esse pedal e superou as minhas expectativas! Os controles agem ativamente em 4 ou 5 regiões de cada função, dando uma grande possibilidade de timbres tanto com minha SG ou com a Strato. Consegui desde sons bem AC/DC do início dos anos 80 até um timbre SRV com a Strato. Ótimo pedal e recomendo a todos principalmente a quem quer um som Hard Rock anos 80!”

    Anderson (Mens Sana Of Rock – Ctba)

  • “O Give’more é o meu drive!,,Minha telecaster com Texas Special somado ao timbre deste pedal eu faço meu classic rock’n roll digno dos anos 60 e 70. ,,Eu sempre toquei com um guv’nor made England, vendi ele e já comprei o Give’more que ainda tem a versatilidade da chave soft/hard, um belo visual (principalmente o led amarelo que dá um destaque diferenciado ao pedal). Nunca me arrependi, pelo contrário tenho orgulho de ter o Give’more e ainda mais fabricado aqui no Brasil um pedal de tanta qualidade, principalmente de timbre! ,,A DINÂMICA NO DRIVE deste pedal é o que faz dele o drive do meu set! É digno de válvula! É só dar uma palhetada que você já sente, incrível! ,E o melhor de tudo o pedal não tira o som original da guitarra! Minha Tele com som de Tele com drive é perfeito!,E por este preço! É o melhor do melhor em Custo Benefício! Parabéns Eugenio!”

    Vinícius Rangel – Velhos Jovens

  • “*Pra quem nunca comprou equipamentos EFX:
    Esclarecimentos e acompanhamento de todo o processo de compra, desde a solicitação, depósito, até a certificação da entrega, deram-me a certeza de que vou comprar equipamentos EFX outras vezes.

    *Sobre o pedal: Tamanho, estrutura e design gráfico convencem. O lead amarelo deu um visual interessante no pedalboard.
    O volume do pedal é muito superior aos meus drives da BOSS (7 no BOSS = 3-4 no EFX).
    Os ajustes de equalização (bass, mid e tre) possuem (cada) 4 sintonias (regiões em que a alteração do knob altera o som) facilmente distinguíveis. Diversos drives são possíveis de serem obtidos com a combinação da Eq.
    O Gain tem uma sensibilidade impressionante. Respeita o timbre original da guitarra. Zerado, o som fica sem drive. Alterações são perceptíveis em todo espectro de ajuste do knob. Em qualquer uma das posições, tocando-se levemente com a palheta (ou dedilhando) a guitarra soa clean, quando se acentua a pegada da mão direita, o drive aparece.
    A chave seletora HARD/SOFT faz muita diferença no som do pedal. Na posição “soft”, que é a original do Guv’nor, o som tem bastante presença e uma forte frequência de médio além de um grave que dá bastante massa ao som. Na posição “hard” o som tem menos volume, médio e graves ou seja, o pedal fica mais comportado. No meu caso, que uso strato e amp Fender, a posição “soft” é perfeita porque encorpa e engorda o som de drive que, enquanto usava BOSS era muito magro ou pouco definido em função da adição de graves. Para quem tem um set mais grave (les paul e outros amp’s), a chave criada pelo Eugênio é genial porque dosa essa adição de médios, volume e grave.
    Como um dos pedais mais baratos da linha de distorções, admira-me que seja poucas vezes lembrado. Ótima relação custo/benefício.”

    Rodrigo Paladino

  • Eu recebi o pedal num sábado, mesmo dia do show que eu ia fazer como cover de Black Sabbath / Ozzy Osbourne. Não tinha testado o pedal e o levei assim mesmo. Chegando lá, depois que ajustei o pedal, quase joguei minha pedaleira na platéia. Que puta som tem esse pedal! E isso porque eu não tinha ligado o drive do amp (Marshall JCM 800, o clássico). Depois que liguei, ficou poderoso! O controle do volume funciona até mais do que o esperado. No dia, acabei usando o Givemore como boost (até pq não tive tempo de dar uma mexida antes), mas ele pode ser o drive principal em qualquer set! Depois testei com uma Fender strato de um colega. Ótimo timbre. E mesmo com a minha velha Gibson SG, fica perfeito! Ele ficou gritando por AC/DC! Consegui levar Metallica tranquilamente só na guitarra > Givemore > amp (sem drive, limpo).
    Muito obrigado, Eugênio!
    Consegui jogar minha pedaleira FORA!

  • Ótimo, simplesmente isto, o timbre é muito bom e o fato de ter o grave, médio e agudo, proporciona uma gama muito boa de variação, arriscaria até dizer que supera o meu antigo DS-1 da Boss.

Deixe um Review